Amour

Amour ★★★★

Em honra Jean Louis Trintignant (1930 -2022) e dos dez anos de lançamento do filme.
Acho que foi um fos filmes mais amenos que vi do Haneke e me atingiu muito emocionalmente porque meu pai se encontra exatamente na situação em que a personagem de Riva está e a minha mãe na de Trintignant, tenho bastante consciência que esse desfecho pode ter passado na mente de ambos também e que a vida deles foi bem difícil nos últimos anos com esse pendular de vida miserável que não se acaba. É tudo muito triste.
BlurayRip no MakingOff.

Block or Report