RSS feed for Alex

Favorite films

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • Bedeviled

    Bedeviled

    Tedioso, “Medo Viral” ainda demonstra a incapacidade dos Vang em estabelecerem uma atmosfera de horror. A paciência que o espectador empregará ao acompanhar o fiapo de história jamais é recompensado: os jump scares são aquelas velhas batidinhas no ombro do amigo que surge sem aviso prévio, as mortes sempre são em off screen e as ameaças que se materializam desaparecem do campo de visão dos personagens desobedecendo qualquer lógica. Eis mais um filme a figurar com facilidade em uma lista de piores do ano.

    + goo.gl/rRYy3T

  • Acrimony

    Acrimony

    ★★

    Contra todas as expectativas negativas, Tyler Perry conduz essa história contada em flashbacks de modo envolvente. O elenco dá conta do recado e as divergências do que é narrado dentro daquilo que se vê ampliam o jogo de aparências e nos faz relevar deslizes primários, das coincidências do roteiro ao green screen gritante de “tomadas externas”.

    Uma pena que tudo sucumba em seu ato final a algo digno de um Supercine de quinta categoria, encenando um enfrentamento físico esperado, mas…

Popular reviews

More
  • Aquarius

    Aquarius

    ★★★★

    Além da contribuição inestimável de Sonia Braga, Clara expõe outras dimensões quando problematizada pelo texto, tendo em seu encalço uma figura de grande influência tentando persuadi-la ao mesmo tempo em que os abismos sociais são deflagrados em uma Recife com territórios literalmente demarcados. Trata-se do investimento em um discurso que dá ao todo um excesso que poderia ser eliminado, mas que não nos faz desviar do principal atrativo de “Aquarius”: os valores de gerações que se atraem ou se repelem a partir da defesa de seus interesses particulares.

    + cineresenhas.com.br/2016/08/30/resenha-critica-aquarius-2016/

  • Ghost in the Shell

    Ghost in the Shell

    ★★★

    O deslumbre visual, por vezes comprometido por um excesso de profundidade de campo que borra a bela cenografia digital, não reduz o fator humano tão importante em premissas como a de “A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell”. Mesmo polêmica, a escalação de Scarlett Johansson não traz prejuízos para um elenco essencialmente globalizado (com destaque para a francesa Juliette Binoche e a romena Anamaria Marinca em um papel que merecia ser mais amplo), correspondendo dramaticamente ao peso de se viver em um contexto no qual até mesmo a nossa consciência é ofertada e manipulada.

    + goo.gl/XuM0hU