RSS feed for Alex

Favorite films

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • Lady Bird

    Lady Bird

    ★★★

    De modo singelo, Greta Gerwig vai costurando uma narrativa em que os acontecimentos são ditados a partir das contradições enfrentadas pela sua protagonista (e alterego). É o coming of age da vez, um “Quase 18” de 2017 quando este já era um “Eu, Você e a Garota Que Vai Morrer” de 2016 e por assim vai. O que não significa que o registro de Greta seja desprovido de autenticidade e afetuosidade, acertando principalmente na dureza de um relacionamento entre mãe e filha que vai se tornando mais central ao curso do filme.

    + goo.gl/N93c1n

  • The Shape of Water

    The Shape of Water

    ★★

    Por mais especial que seja, Sally Hawkins não tem território para desenvolver a sua personagem, justamente o centro de interesse de “A Forma da Água”, e muito menos a atração desenvolvida por um anfíbio. Elisa é uma mulher que del Toro sempre registra incapaz de se comunicar plenamente ao seu modo, geralmente com Zelda e Giles atuando como os seus porta-vozes. Por outro lado, pouco faz em seu favor quando ela é vista com “A Forma”, em encontros imediatos que…

Popular reviews

More
  • Aquarius

    Aquarius

    ★★★★

    Além da contribuição inestimável de Sonia Braga, Clara expõe outras dimensões quando problematizada pelo texto, tendo em seu encalço uma figura de grande influência tentando persuadi-la ao mesmo tempo em que os abismos sociais são deflagrados em uma Recife com territórios literalmente demarcados. Trata-se do investimento em um discurso que dá ao todo um excesso que poderia ser eliminado, mas que não nos faz desviar do principal atrativo de “Aquarius”: os valores de gerações que se atraem ou se repelem a partir da defesa de seus interesses particulares.

    + cineresenhas.com.br/2016/08/30/resenha-critica-aquarius-2016/

  • Ghost in the Shell

    Ghost in the Shell

    ★★★

    O deslumbre visual, por vezes comprometido por um excesso de profundidade de campo que borra a bela cenografia digital, não reduz o fator humano tão importante em premissas como a de “A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell”. Mesmo polêmica, a escalação de Scarlett Johansson não traz prejuízos para um elenco essencialmente globalizado (com destaque para a francesa Juliette Binoche e a romena Anamaria Marinca em um papel que merecia ser mais amplo), correspondendo dramaticamente ao peso de se viver em um contexto no qual até mesmo a nossa consciência é ofertada e manipulada.

    + goo.gl/XuM0hU