RSS feed for Alex

Favorite films

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • Halloween

    Halloween

    ★★★

    O “Halloween” 2018 é competente, muitas vezes aterrador e encena em seu terceiro ato um embate memorável. Mas é também um filme desprovido de ousadias, uma vez que não acrescenta quase nada de novo a esse reencontro entre Laurie e o vilão mascarado Michael Myers.

    + Análise no YouTube: youtu.be/dEKu4X699tc

  • Wobble Palace

    Wobble Palace

    ★★★

    Com atos reservados integralmente para Eugene e Jane e um encaminhamento para o final que pretende compreender o que deu errado entre os dois, “A Casa Dividida” logo diagnostica uma geração que posa de moderna inclusive em sua vaidade (o penteado dele para esconder a calvície prematura, as axilas não depiladas dela para contestar um padrão feminino) e nos seus vínculos amorosos (o tal relacionamento aberto) somente para ilustrar uma juventude mais perdida do que nunca e incapaz de assumir mudanças radicais. Tudo conduzido com um bom humor às vezes desconcertante em sua precisão em captar comportamentos críveis.

    + goo.gl/MyuV3T

Popular reviews

More
  • Aquarius

    Aquarius

    ★★★★

    Além da contribuição inestimável de Sonia Braga, Clara expõe outras dimensões quando problematizada pelo texto, tendo em seu encalço uma figura de grande influência tentando persuadi-la ao mesmo tempo em que os abismos sociais são deflagrados em uma Recife com territórios literalmente demarcados. Trata-se do investimento em um discurso que dá ao todo um excesso que poderia ser eliminado, mas que não nos faz desviar do principal atrativo de “Aquarius”: os valores de gerações que se atraem ou se repelem a partir da defesa de seus interesses particulares.

    + cineresenhas.com.br/2016/08/30/resenha-critica-aquarius-2016/

  • Ghost in the Shell

    Ghost in the Shell

    ★★★

    O deslumbre visual, por vezes comprometido por um excesso de profundidade de campo que borra a bela cenografia digital, não reduz o fator humano tão importante em premissas como a de “A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell”. Mesmo polêmica, a escalação de Scarlett Johansson não traz prejuízos para um elenco essencialmente globalizado (com destaque para a francesa Juliette Binoche e a romena Anamaria Marinca em um papel que merecia ser mais amplo), correspondendo dramaticamente ao peso de se viver em um contexto no qual até mesmo a nossa consciência é ofertada e manipulada.

    + goo.gl/XuM0hU