Richard Jewell ★★★★★

Nos últimos anos, Clint Eastwood tem se dedicado a filmar a trajetória de figuras consideradas heroicas nos Estados Unidos, fazendo parte dessa fase "Sniper americano", "Sully", "15h17" e agora este "O caso Richard Jewell". Ao mostrar o homem Richard Jewell (Paul Walter Hauser) trabalhando num escritório, onde conhece o advogado Watson Bryant (Sam Rockwell), e depois como guarda de segurança, Eastwood traz a figura de um americano comum e dedicado ao seu trabalho, no entanto com alguns elementos que as pessoas colocam em desconfiança.

Quando ele se muda para Atlanta, com a mãe Bobi (Kathy Bates), ele vai trabalhar nos Jogos Olímpicos de 1996, novamente como integrante da segurança. Durante um espetáculo, ele encontra uma mochila embaixo de um banco, avisando a todos de que pode haver uma bomba ali. Eastwood mostra as consequências desse ato, envolvendo Jewell com todo o contexto em que se insere alguém que é visto como herói e depois como suspeito, por uma equipe do FBI, tendo à frente Tom Shaw (Jon Hamm), envolvido com uma jornalista, Kathy Scruggs (Olivia Wilde).

Com sua perícia em lidar com acontecimentos reais, Eastwood constrói uma narrativa muito interessante, com uma tensão sempre às portas de cada situação. Ele lida com a esperança, o receio, a ambição e a honestidade ou não em tons diferentes e específicos, sempre procurando uma simplicidade do homem comum para explicar seus atos. Para isso, ele precisa também do elenco, e ganha ótimos resultados de Hauser, Bates e Rockwell, além de Hamm e Wilde. Hauser e Bates, especialmente, conseguem traçar uma relação entre mãe e filho comovente, enquanto Rockwell acrescenta seu habitual bom humor a uma situação grave. A edição de Joel Cox também é vital para o resultado. E mesmo que Eastwood facilite algumas sequências, procurando tornar algumas saídas menos complexas, este parece ser seu melhor filme desde "Menina de ouro" e o que capta uma melancolia moderna do mesmo modo que "Um mundo perfeito" e seu filme anterior, "A mula". É um dos grandes cineastas hoje em dia.

André liked this review