• 365 Days: This Day

    365 Days: This Day

    ½

    Uma verdadeira provação de amor assistir isso com o guri.

  • Lover for a Day

    Lover for a Day

    ★★★★

    Tão tenro, tão intenso, Amante por um dia exala uma empatia tão calorosa por seus personagens e essa confusão causada pela paixão (e pelo amor, que o filme diferencia aqui de uma forma simples e linda) que nem mesmo a fotografia em preto-e-branco esfria. Ela cria sombras e intimidades, torna as partidas de coração mais tristes, mas os breves laços mais imortais. Precisava ver algo assim, que consegue traduzir tanto desses sentimentos confusos e que machucam tanto sem dar grandes declarações sobre eles. É bom ver, as vezes dá mais sentido.

  • Drive My Car

    Drive My Car

    ★★★★★

    Ficaremos bem. Eu tenho certeza de que vamos ficar bem.

    Triunfal.

  • Certain Women

    Certain Women

    ★★★★★

    Aproveitando a primeira onda de frio do ano pra rever esse filme e me sentir aquecido.

  • C'mon C'mon

    C'mon C'mon

    ★★★★½

    “Eu lembrarei você”, e corta para a tela preta, e minha mãe começou a chorar. “Ah, que pena que acabou”, ela disse.

  • The French Dispatch

    The French Dispatch

    ★★★★½

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Os filmes do Wes Anderson têm um efeito muito particular em mim. Eles me deixam sem palavras. O Grande Hotel Budapeste é um dos melhores filmes que eu já vi, e eu sou completamente incapaz de explicar o que faz dele um dos meus filmes favoritos.

    Eu acho que um dos motivos é que Wes Anderson trabalha em níveis escondidos. Seus filmes possuem cenários, figurinos, enquadramentos e atuações impecáveis, construídos e encenados minuciosamente. É uma de suas características marcantes, que criou…

  • Cow

    Cow

    Eu não tenho mais força no meu coração pra ver filmes como Cow, mas eu amo a coragem da abordagem dessa nova onda de documentários sobre animais, em “personalizar” sua narrativa sem necessariamente humanizá-los. É muito mais apto entender a vida de uma vaca em específico — todos os seus males e pequenos momentos de beleza — do que Os Problemas Do Tratamento De Animais. É um recorte extremamente intimista para encontrar o universal, e eu acho que funciona horrores aqui. Que mais filmes como esse sejam feitos, porque nenhum filme será como Cow.

  • The Godfather: Part II

    The Godfather: Part II

    ★★★★★

    Perfeito.

  • Licorice Pizza

    Licorice Pizza

    ★★★★½

    É mágico como qualquer outro filme do Paul Thomas Anderson: tem aquela maestria do diretor, que realmente domina cada milímetro de seus filmes, ao mesmo tempo que parece tão natural. PTA é um diretor que usa a linguagem do cinema como se fosse seu idioma materno mesmo.

    Eu também amei a profundidade e a abordagem rica do relacionamento central do filme. Alana Haim é um arraso e tem aquela presença em tela que as verdadeiras estrelas do cinema têm: elas guiam o olhar do espectador, elas domam o ritmo do filme, elas conquistam a tela. É de se vislumbrar e de se apaixonar.

  • The Worst Person in the World

    The Worst Person in the World

    ★★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Estranhamente, o filme ideal pra ser o primeiro filme que eu assisto na minha casa.

    Despedaçador demais, principalmente em alguns momentos quanto fala sobre o amor, e como ele é incerto e inconstante e imprevisível. É verdadeiro também.

    Eu gosto da calma que o plano final passa. Não é uma paz em si, mas um respiro. Me fez lembrar de quanto a minha vida deixou eu respirar assim, e como eu estou sentindo falta de um ultimamente.

  • C'mon C'mon

    C'mon C'mon

    ★★★★

    Como eu queria, quando era criança, ver o tempo passar. Crescer, conhecer o mundo, entender o que eu não entendia. Queria ver as coisas acontecerem, queria ser parte das coisas que aconteciam.

    É doloroso ver o tempo passar. É lindo, mas é principalmente doloroso. Porque o tempo passa e a gente esquece. A gente esquece um detalhe, ou uma pessoa. A gente esquece uma voz, ou aquela janta que fizemos com um amigo e que deu tudo certo.

    A gente…

  • Undine

    Undine

    ★★★★½

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Que filme perfeito pra assistir na Cinemateca depois de meses. Me fez sair da sessão e olhar ao redor, pro Centro Histórico, ouvir os sons e apreciar o fim de tarde no cafézinho na frente da sala de cinema. Melhor fim de dia, impossível.

    Eu acho que não tinha percebido a tragédia que é a decisão final de Undine no filme. Se esconder na água para não se apaixonar novamente e poder proteger seu amor.