Cinema Play 4

Gameplay como método, apropriação estilística ou dispositivo conceitual de um itinerário dramático. Das adaptações diretas mais inventivas ao uso referencial como um mote funcional da cena. A ação não é parte de uma ontologia reconhecível, mas se encontra submissa a um mundo de regras e preceitos particulares. Avatares, simulações, caminhos objetivos e circuitos fechados. Toda uma dinâmica de representações gráficas e narrativas que reitera um trajeto universal - nascer, lutar, morrer - como a mais simples e elementar das vocações do fantástico.

  • Ace Attorney
  • Charlie's Angels: Full Throttle
  • Pierrot le Fou
  • Crank
  • Demonlover
  • Domino
  • Déjà Vu
  • Enemy of the State
  • Holy Motors
  • Gamer
  • Hit 2 Pass
  • Crank: High Voltage
  • Horse Money
  • Lockout
  • Lucy
  • Man on Fire
  • Pompeii
  • Resident Evil
  • Resident Evil: Retribution
  • Resident Evil: The Final Chapter
  • Level Five
  • Scott Pilgrim vs. the World
  • Speed Racer
  • The Three Musketeers
  • The Whip and the Body
  • Unstoppable
  • Violent Saturday
  • John Wick
  • Southland Tales
  • Aliens
  • Avatar
  • Ninja Assassin
  • Dredd
  • Haywire
  • Oblivion
  • Kill Command
  • Strange Days
  • London Has Fallen
  • Run Lola Run
  • Man of Tai Chi
  • The Bourne Ultimatum
  • Cosmopolis
  • eXistenZ
  • New Rose Hotel
  • Anti-Clock
  • The Mission
  • Rollerball
  • The Warriors
  • Escape from New York
  • Predator
  • Paycheck
  • Edge of Tomorrow
  • Minority Report
  • The Last Airbender
  • The Taking of Tiger Mountain
  • Mission: Impossible - Ghost Protocol
  • The Matrix
  • Battle Royale
  • Mad Max: Fury Road
  • The Raid
  • Nemesis
  • Branded to Kill
  • mother!