• RRR

    RRR

    ★★★½

    S. S. Rajamouli tem tanta consciência do que pretende entregar em “RRR”, um cinema espetáculo, que se ater a aspectos isolados do filme é pura tolice. Por que falar que os efeitos visuais são fracos se o diretor não tem o menor problema com isso e os utiliza fartamente, jogando inclusive os holofotes sobre eles sempre que estes efeitos entram em cena? Por que reclamar que o filme simplifica e romantiza a revolta dos indianos contra os colonizadores britânicos se…

  • Top Gun: Maverick

    Top Gun: Maverick

    ★★★½

    A distância entre Top Gun e Top Gun: Maverick é diretamente proporcional à transformação do cinema de ação nos últimos 36 anos: imensa. Por isso, mesmo que estejamos falando de uma continuação, é muito interessante que um filme tão cheio de qualidades como Maverick, que renova praticamente toda a lógica do original, seja bem-sucedido justamente por ser tão intrinsecamente dependente de um marco de um modelo de cinema absolutamente industrial e que, até então, parecia infértil.

    Top Gun pode ter…

  • Top Gun

    Top Gun

    ★★½

    Nunca gostei, não seria agora.

  • The Children

    The Children

    ★★★

    É disso que eu estou falando.

  • Creep

    Creep

    ★★

    Para a nova geração.

  • War of the Worlds

    War of the Worlds

    ★★★★★

    Dakota Fanning, irritantemente maravilhosa em “Guerra dos Mundos”, é o início da Geração Z no cinema, que começou com algo perto de uma obra-prima. É um dos grandes filmes de Steven Spielberg, um dos diretores que melhor trabalha a larga escala e mais larga escala este material de H.G. Wells impossível. Aqui esse dom que cineasta tem de encontrar a sensibilidade e olhar para os detalhes dentro do "grandioso" cai como uma luva. Ele dobra o tom direto, quase jornalístico,…

  • Of Unknown Origin

    Of Unknown Origin

    ★★★

    Cena favorita: Peter Weller quebra o vaso porque, afinal de contas, né?, o que é um vaso pra quem tá quebrado?

  • Woodlands Dark and Days Bewitched: A History of Folk Horror

    Woodlands Dark and Days Bewitched: A History of Folk Horror

    ★★★½

    É um deleite assistir a uma pesquisa tão devotada e detalhista a um gênero. Kier-La Janisse, que já tinha escrito livros sobre o cinema de horror e mantém um instituto sobre o assunto, faz sua estreia como diretora num documentário de mais de três horas em que mapeia, relaciona e analisa os filmes que fundamentaram o folk horror, de seu “nascimento” a sua ressurreição. O modelo batido do doc com entrevistados sentadinhos funciona muito bem aqui porque o tom didático…

  • The Bloody Exorcism of Coffin Joe

    The Bloody Exorcism of Coffin Joe

    ★★★½

    As primeiras cenas impressionam porque não deixam arestas. Tem um refinamento na direção raro nos filmes de Mojica. O fato de ser uma superprodução, com uma equipe maior, grande elenco e até efeitos especiais, parece ser responsável por essa transformação. O diretor está lá, inclusive literalmente, mas de certa forma, e uma boa forma, domado pelo contexto. É bem interessante ver Mojica mais cuidadoso com os detalhes, mas, no entanto, em alguns momentos parecia “amarrado” pelo sistema. Ao longo do…

  • Awakening of the Beast

    Awakening of the Beast

    ★★★★

    Talvez seja o filme mais ousado e bem dirigido de Mojica, com uma consciência do que quer ser e de onde quer provocar mais explícita do que em qualquer outra de suas obras. O diretor não tem medo nem os tabus em que toca nem da própria exposição. Impressionante como ele trabalha a metalinguagem de uma forma completamente moderna, muito conectada aos grandes cinemas da época, não apenas no Brasil. O filme respira essa atmosfera do momento, em sua montagem…

  • The Unbearable Weight of Massive Talent

    The Unbearable Weight of Massive Talent

    ★★½

    Ridículo, patético, sem sentido. Não poderia ter uma melhor homenagem ao que Nicolas Cage se tornou. E ninguém pode dizer que este cara não sabe rir de si mesmo.

  • Robin Redbreast

    Robin Redbreast

    ★★★★

    A série “Play for Today”, produção da BBC exibida entre 1970 e 1982, gerou muitos clássicos, que muitas vezes entravam pelo terreno do folk horror, falando sobre os mitos pagãos e a religiosidade fantástica que é parte essencial da cultura britânica. “Robin Redbreast” é um dos filmes/episódios mais significativos porque não apenas referencia esse misticismo tradicional como o contrapõe a uma sociedade em trânsito de costumes e dogmas. A grande característica aqui, como nos outros episódios da série, é o…