Críticos.com.br

Site de críticas, artigos e ensaios cinematográficos. Fundado em 2002.
...
Cada favorito foi escolhido por um dos editores.

Favorite films

  • Vertigo
  • Citizen Kane
  • Persona
  • Funny Games

Recent activity

All
  • Armageddon Time

    ★★★★

  • Bug

  • The Boss of It All

  • Time

Recent reviews

More
  • Armageddon Time

    Armageddon Time

    ★★★★

    As muitas mortes do sonho americano em um filme pessoal e ao mesmo tempo necessário.

    Nova York, 1980. Paul tem 12 anos, acabou de perder o avô, o único membro da família com quem se identificava, e detesta a escola particular de elite, “formadora de líderes”, em que os pais (com o suporte financeiro do avô) o matricularam na esperança de que ele deixasse de ser o aluno relapso que “só pensa em artes” e andava em “más companhias” na…

  • Bug

    Bug

    Loucura em Grand Guignol

    William Friedkin teve seus minutos de glória (na verdade, foram alguns anos da década de 1970) a partir dos prêmios da Academia de Hollywood para Operação França, ao qual se seguiu o enorme sucesso de bilheteria baseado em um best-seller de terror com pitadas de misticismo católico, O Exorcista. Pensando bem, nada do que se orgulhar muito se a mesma década estava assistindo ao despontar de conterrâneos norte-americanos como Scorsese, Coppola e Spielberg – só pra…

Popular reviews

More
  • Private Desert

    Private Desert

    A transexualidade como ferramenta narrativa na jornada do homem branco torturado

    Desde Ferrugem, o diretor Aly Muritiba parece preocupado em investigar as razões psicológicas ou sociais que levam homens brancos a se engajarem em comportamentos abusivos ou violentos. Neste novo trabalho, intitulado poética e apropriadamente Deserto particular, selecionado para representar o Brasil no Oscar 2022, somos apresentados a Daniel Moreira, um policial afastado do trabalho e que espera o julgamento da corporação após ter espancado um jovem em circunstâncias jamais…

  • Les Misérables

    Les Misérables

    ★★★★½

    O filme denuncia graves problemas sociais sem maniqueísmo, atingindo um patamar excepcional.

    No livro “Razões públicas, Emoções privadas” (Ed.Rocco, 1999), o psicanalista e cinéfilo Jurandir Freire Costa, após narrar um episódio que presenciou em uma rua de Copacabana, quando populares pediam pena de morte para um garoto que teria tentado cometer um roubo, escreveu: "Como nos filmes de [William] Wyler [Tarde Demais, Chaga de Fogo, Infâmia], empurramos e continuamos empurrando os mais frágeis até onde não há retorno e, desconfio,…