The King and I ★★★★

Meio ingênuo, bem cativante e grandioso como todo grande musical da era de ouro do cinema norte-americano.

"O Rei e Eu" é um musical contido, cheio de boas intenções e eficiente.

Deborah Kerr e Yul Brynner encarnam muito bem os opostos que se atraem. Os opostos que refletem muito bem as diferenças culturais de seus países, culturas e visões de vida geradas por suas origens.

As músicas descrevem muito bem os sentimentos dos personagens, alternando entre canções singelas, divertidas e outras cheias de sentimentos nostálgicos e/ou melancólicos.
A grandiosidade dos cenários e figurinos impressionam. A ambientação e construção daquele mundo todo particular vivido no palácio real nos envolve e mantém interessados rapidamente.

Uma obra otimista sobre como diferentes culturas, povos e governos podem se relacionar bem e crescer ao se conhecerem e trocarem conhecimento e experiências.

O excelente desenvolvimento e conclusão da relação entre o rei e a professora é o que mais marca. Adorei a química da dupla principal. Atuações consistentes e carismáticas, com a cara de sua época.

Musical que deve ser visto por todos os fãs do gênero.