Isobel

i’m crazy about cinema.

Favorite films

  • Saint Maud
  • Where Is My Friend's House?
  • A Brighter Summer Day
  • Julien Donkey-Boy

Recent activity

All
  • Nobody

    ★★★

  • Resident Evil: Welcome to Raccoon City

    ★★★½

  • Kate

    ½

  • Toy Story 4

    ★★

Recent reviews

More
  • Trees Lounge

    Trees Lounge

    ★½

    Qual é o ponto desse filme? Um filme "sobre nada" muitas vezes me cativa, mas que possua propósito. Quase todos os personagens são detestáveis e os que prestam pouco aparecem. As tramas são mal aproveitadas e não parecem ter consequências reais. As atuações são um ponto positivo, com destaque pro Steve Buscemi e a Chloë Sevigny, sempre ótimos. A direção do próprio Buscemi também é bonita e interessante.

  • The Addiction

    The Addiction

    ★★★★★

    It makes no difference what I do, whether I draw blood or not. It's the violence of my will, against theirs.

    O pecado corrompe o ser. O vício no ato de pecar convence o viciado de que a maldade é inerente e qualquer tentativa de redenção é inútil e contrária à natureza de qualquer criatura viva. Acrescentando à frase de Descartes "Penso, logo existo", a personagem Kathleen (incrivelmente interpretada por Lili Taylor) diz: "Sou viciado em pecar, portanto eu peco,…

Popular reviews

More
  • Portrait of a Lady on Fire

    Portrait of a Lady on Fire

    ★★★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Começo essa resenha com a cena da fogueira, que é, na minha opinião, aonde o simbolismo realmente começa a entrar em cena.

    Claramente o mais chamativo dessa cena é a música. Céline Sciamma escreveu ela mesma a letra dessa música, que é nada mais do que uma frase repetida diversas vezes. A frase em questão está em latim, sendo “fugere non possum”. Traduzindo livremente, seria “eles vêm voar”. Sciamma disse que é uma adaptação da frase do filósofo e escritor…

  • Come and See

    Come and See

    ★★★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Me coma antes que os alemães o façam.

    Vá e Veja (1985) é, para mim, o magnum opus do cinema. Sendo o melhor filme com temática de guerra, é também a melhor propaganda anti-guerra que existe.
    Nós vemos o mundo através dos olhos do pré-adolescente Flyora, e isso é evidente pela cinematografia do diretor Elem Klimov. Quase todo personagem de destaque no filme quebra a quarta parede ao falar com Flyora, nos passando a sensação de tudo pelo que o…