Whiplash

Whiplash ★½

O filme tem seus bons momentos e as interpretações são realmente notáveis. Contudo, a estética insossa endossa a atmosfera de "raiva" e "intensidade" que me fazem pensar o quão frustrante é essa ode ao "perfeccionismo" e à agressividade, que vai na psiquê humana pra resgatar sei lá o quê de profundidade sobre superação e dedicação, etc etc. Não me emociona em nada essa mistura de Rocky com Capitão Nascimento, ainda mais culminando num solo de bateria que, convenhamos, está muito longe de um Buddy Rich. No final, é uma prova de amor ao "jazz" bundinha de elevador, um jazz "esbranquiçado", se é que me entende (como é La La Land também).