Four of the Apocalypse ★★★★

Outro grande filme de Fulci revisto, confirmando uma impressão que tinha quando mais jovem - ele é um grande diretor de faroestes. Esse é um dos mais inventivos faroestes feitos na Itália, como um filme mais tardio pedia que o fosse. E tem algo que é raro no mundo de Fulci. O mundo é tenebroso, possuido pelo mau, pelas forças que não podemos domar, mas ele tem uma fé absoluta de que há o bom. Mesmo que tudo caia pelo caminho, o mau absoluto representado pelo Chaco, o filme nunca perde a fé no bem, no triunfo triste, mas possível que resta a Fabio Testi no fim. Não há nada sobre justiça em cena. Ele não faz justiça. Há muita coisa linda, como o trabalho coma trilha ue foge totalmente do estilo Leone. É apaixonante.