Favorite films

  • Red Desert
  • It's a Wonderful Life
  • Dazed and Confused
  • The Last Days of Disco

Recent activity

All
  • Porky's

    ★★

  • Good Morning

    ★★★★

  • The Ladykillers

    ★★★

  • The Cabinet of Dr. Caligari

    ★★★★½

Recent reviews

More
  • Porky's

    Porky's

    ★★

    Premissa de American Graffiti, com um visual que resgata a nostalgia dos anos 50, servindo ao conteúdo que seria explorado em American Pie. No entanto, como eu li, em uma linha comparativa, Porky's é um filme bem mais ofensivo, em que os excessos não são aparados, e o diretor Bob Clark em nenhum momento faz questão disso.

    Funciona como uma ponte localizada entre o passado e o futuro do cinema de camaradagem e brotheragem. Como foi feito na década de…

  • Good Morning

    Good Morning

    ★★★★

    [Meu primeiro Ozu! Essa vai para a conta do meu amigo Matheus, que me recomendou]

    O melhor filme já feito sobre demonstrações de afeto contidas em barulhinhos (seja os emitidos por diálogos ou por sons onomatopeicos e cartunescos) engraçadinhos e bobinhos, mas sempre adoráveis. O propagador da mensagem e o receptor podem estar a blocos de distância, então há um senso de caos cotidiano que orienta gestos apressados para ações que nem sempre vêm acompanhadas de boas intenções, mas, na…

Popular reviews

More
  • Dune

    Dune

    ★★

    O que mais me afasta do tipo de de ficção científica que o Villeneuve faz é que seus filmes se utilizam de uma "casca" racional, se levam a sério demais... O que não teria nenhum problema, se Duna fosse minimante vibrante ou causasse algum tipo de empatia em quem vê, e não só distanciamento. A abordagem é super árida (sem trocadilho) e ele ainda quer se manter o tempo todo como um espetáculo à la Terrence Malick. A principal diferença…

  • Eduardo and Monica

    Eduardo and Monica

    ★★★½

    Bem melhor do que poderia ser. René Sampaio e sua equipe não se obrigam a seguir o "manual" da letra de Renato Russo e adaptam a canção ao cinema de forma delicada, sim, mas nunca piegas. Ao optarem por uma estrutura mais solta, em que mostra-se apenas o que se quer, encontram beleza na sutileza.