Favorite films

  • France Against the Robots
  • October Rumbles
  • Fartura
  • Vassourinha: The Voice and The Void

Recent activity

All
  • Sangue Corsário

    ★★★★

  • The Empire of Desire

    ★★★★

  • Extremes of Pleasure

    ★★★★★

  • Lilian M: Confidential Report

    ★★★★½

Recent reviews

More
  • White Zombie

    White Zombie

    ★★★½

    Mitologia preta apropriada pelas estruturas possessivas brancas. O zumbi ainda não era um flâneur canibal, mas escravo pela eternidade.

    A assombrosa cena do zumbi caindo no moedor de açúcar e os demais continuando a girar sem esboçar reação me lembrou do aperto no estômago que tive vendo Noite e Neblina. Sistema de drenagem de humanidade, e de qualquer coisa que aquele corpo pode dar. O judeu morto vira sabão, o escravo acidentado vira açúcar. Gente virada coisa, gente que não importa mais que a coisa. E os olhos famintos do Bela Lugosi, prendendo entre as mãos o que dá.

  • Spirited Away

    Spirited Away

    ★★★★★

    O Miyazaki traz à tona o que é fácil de amar na vida apesar de tudo, e eu sou muito grato aos filmes dele.

Popular reviews

More
  • Speed Racer

    Speed Racer

    ★★★★½

    Que melhor forma de viabilizar a paixão e destruir uma empresa gigantesca do que pela subversão cartunesca?

    A maioria avassaladora dos fundos é assumidamente cgi, então ao invés de tentar atingir uma palatável diegese, o artifício é abraçado e cada cenário pode se fundir com o imaginário, com o passado (aliás mais de uma vez a noção de tempo linear é burlada ao longo do filme) e evoluir para outras formas de hipérboles cênicas. Os cenários na verdade podem ser nada mais que uma extensão fantástica dos corpos que flutuam entre eles.

    Viva Wachowskis.

  • Fulaninha

    Fulaninha

    ★★★★

    Homens com seus dramas e comédias cotidianos e mulheres que viram suas inúmeras projeções sem nem saber enquanto ocupadas com seus dramas pessoais. Está lá o flerte com a pornochanchada, com o intelectualismo e até com um cinema de suspense, mas a busca é por um ponto médio: uma frontalidade afetuosa que também pensa em imagem. A musa inspiradora não precisa ser a mulher inatingível, mas ela pode ser a filha do amor da sua vida. Imagem e realidade fazem as pazes com risadas, malandragem e umas camadas de metalinguagem.