• Rebecca

    Rebecca

    Hitchcock por favor os perdoe, eles não sabem o que fazem...

  • Rebecca

    Rebecca

    ★★★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    O filme começa com uma voz de uma figura feminina percorrendo pela mansão. O espírito dela é a câmera, logo nos acabamos se tornando ativamente presente na narrativa ao estarmos ligado ao fantasma da finada Rebecca. A proposta se torna interessante a partir do momento que nos estamos moldando todo o suspense do filme, e nos somos a sombra que amedronta a vida dos protagonistas ao longo da obra.

    Vale lembrar que a arte em si nasce no telespectador e…

  • Yesterday There Were Strange Things in the Sky

    Yesterday There Were Strange Things in the Sky

    ★★★★

    A subversão do gênero de ficção científica na ótica brasileira.

    A essência desse filme é em torno da inversão do molde consolidado do gênero. A formação do sci-fi em nosso mundo contemporâneo visa mostrar a evolução da sociedade no olhar humano, mostrando nossas dificuldades, anseios e preocupações ao lidar com as mudanças. Na obra, vemos as mesmas características porém, ao invés de olharmos as mudanças nos vemos as permanências. Nós enxergamos personagens presos num ciclo de monótono com atitudes tediosas…

  • What We Do in the Shadows

    What We Do in the Shadows

    ★★★★

    Taika Watiti sempre demonstra um carinho gigantesco ao fazer seus exercícios de criatividade. Ao se adentrar a um gênero ou tema específico ele consegue construir uma atmosfera e personagens envolventes através das suas próprias brincadeiras envolvendo suas paixões. E você percebe que ele consegue formar a mesma construção de narrativa usando seu conhecimento cinematográfico e de seus símbolos ao decorrer da obra, principalmente quando vemos a origem da besta trazido pelo personagem do Vlas. O diretor sabe que os vampiros…

  • Pinocchio

    Pinocchio

    ★★★★½

    "Eu quero ser inteligente, não artista

  • Landschaft: Poesia Romântica

    Landschaft: Poesia Romântica

    ★★★★

    (Provavelmente não tenho a bagagem necessária para absorver os elementos propostos nessa obra, mas achei válido escrever justamente pelos sentimentos que ela transborda)

    O Philippe conseguiu construir uma narrativa sensorial abordando uma viagem bucólica e romântica através da arte, onde o próprio processo artístico é o personagem. Enxergamos as emoções dos artistas através das pinturas, e a emoção do diretor através da composição de cena (Aliás há outra maneira de falar sobre arte sem ser através dos sentimentos?)

    Nós, espectadores,…

  • Creep 2

    Creep 2

    ★★★★

    Meu medo de que esse filme fosse estragado pelo nosso conhecimento do que se trata o personagem foi reprimido quando eu vi a primeira cena. Infelizmente nenhuma cena depois se compara a esta. As ideias que eu havia achado interessantes no primeiro filme de maneira meio porca foram introduzidas novamente só que dessa vez sendo realmente interessantes, além de introduzir novos conceitos que me davam um sorriso no rosto. Um sorriso de nervoso que sentia pela imprevisibilidade do assassino.

    Com…

  • Metropolis

    Metropolis

    ★★★★★

    Uma das provas que Fritz Lang é um mestre. Criar um filme com esse nível visual em 1927 é de fazer cair o queixo. Cada aspecto da obra conversa diretamente com a narrativa, seja ela sua trilha ou seu cenário. Uma atmosfera arquitetada para representar uma Distopia de alto escalão, que impressiona os olhos e a alma.

  • Creep

    Creep

    ★★★

    Filme interessante, personagens interessantes porém, poderia ser muito melhor. O final me animou um pouco, mas apenas me fez pensar o que esse filme poderia ter sido. É um bom entretenimento no geral.

  • Suspiria

    Suspiria

    ★★★★

    "Suspiria" é o primeiro filme que assisto do Dario Argento e não tinha como ter começado melhor. O filme já inicia com uma cena extremamente tensa que inclusive, me fez pensar em desistir de olhar para janelas novamente. E é a partir desta cena que é introduzido o suspense do decorrer da obra.
    O filme em si constrói visualmente o imaginário de um gênio. A partir da trilha sonora arrepiante e perturbadora que se mistura com os sussurros que a…

  • Dead Poets Society

    Dead Poets Society

    ★★★★★

    Robin Williams é perfeito.

  • The Babadook

    The Babadook

    ★★★★½

    O filme que me fez apaixonar por terror. Aquele terror ótimo de assistir no final da noite.