Luiz has written 5 reviews for films rated ★★★★★ .

  • Theorem

    Theorem

    ★★★★★

    O inevitável encontro com o acaso escancara o vazio constitutivo de todo sujeito. Ainda que se tente preenchê-lo com o prazer imediato, o próprio caráter momentâneo não permite sua duração. Tentar petrificar o instante, capturá-lo entre os dedos, pode mesmo impedir o reconhecimento e a constituição processual de uma identidade, aprisionando o corpo em um estado catatônico. Em uma primeira mediação, na religião, a necessária alteridade corre o risco da projeção na figura de um "grande outro", fixando significados dos…

  • The Gospel According to St. Matthew

    The Gospel According to St. Matthew

    ★★★★★

    Um Cristo anônimo, como anônimos são os peregrinos por cujos olhos a história se deixa testemunhar. Eles ocupam o lugar do espectador, entendido por Pasolini não como ente passivo, a quem as imagens servem como mera representação de dogmas, mas sobretudo como sujeito ativo, a quem cumpre persistir na tarefa universal de igualdade. Não à toa recebem destaque as crianças, para quem a realidade muitas vezes se indistingue da ficção, da possibilidade de outros mundos diante da força do passado e da imobilidade do presente. Em exercício hermenêutico, o texto bíblico se abre ao contemporâneo das revoluções sem abandonar sua literalidade: pura poesia das imagens.

  • Happy End

    Happy End

    ★★★★★

    Publiquei um artigo na revista Entremeios. Texto disponível aqui.

  • Cold War

    Cold War

    ★★★★★

    - Nosso primeiro filho.
    - Um bastardo.

    Carregado de significado histórico, o termo “Guerra Fria” refere-se, acima de tudo, ao período entre 1945 e 1991. No interim de dois eventos, isto é, o fim da Segunda Guerra e a dissolução da URSS, soviéticos e estadunidenses bipartiam o mundo nas chamadas zonas de influência. Tratava-se, por um lado, de uma verdadeira guerra, no entendimento de um conflito político-ideológico. A ausência de embates diretos, por outro, justifica a singular adjetivação: “fria”.

    Nesse…

  • Wild Strawberries

    Wild Strawberries

    ★★★★★

    “Var är ditt smultronställe?”

    A expressão, em sueco, guarda duplo significado. Para além de questionar, literalmente, o lugar dos morangos silvestres, refere-se, antes de tudo, a um espaço simbólico. É essa região afetiva que interessa a Bergman no título "Smultronstället". Mais que meras frutas, os morangos despertam no protagonista, Borg, como as madeleines em Proust, uma "memória involuntária". O homem velho, "Gubbe" em sueco, percorre o solo, "Jord", em busca de reconciliação com o passado. "Jordgubbe", conjunção dessa terra e…