Downsizing ★½

If there’s something I like is when a concept like the one in Downsizing comes to life. It may be somewhat ridiculous but it has some sort of credibility to it that make us believe it could work in the real world. Or at least, the idea of it could work.

However, it is complicated to make it work, although Alexander Payne was almost capable of doing that. It had a great background and good actors, but the story he choose to tell, or the way he choose to tell it, doesn't seemed to work. Maybe was his incapability to make the characters have some direction, or when they have it, it not very clear what moves them, or maybe it's because they're just a caricature of what they should be, which would be valid if that was the purpose of the movie, but it clearly isn't.

Basically, this is a movie with an environmental message that never knew how to broadcast it to its audience nor was capable of choosing the best moments to do so, and when it does it quickly tries to turn them into a comic relief. And try is the keyword, not only in these moments but in the movie as a whole.

=== PORTUGUESE =========

Se há coisa que eu gosto é quando um conceito como o de Downsizing ganha vida. É uma ideia algo estapafúrdia, mas tem um fundo suficientemente credível para que fosse possível resultar na realidade. Ou pelo menos, a ideia para que isso resulte, está lá.

Contudo, fazer com que isso resulte é complicado, ainda que Alexander Payne não tenha estado muito longe de um bom resultado. Tinha uma base incrível e bons actores, mas a história que decidiu contar, ou talvez a forma como a contou, não me parece que tenha resultado por aí além. Talvez por não conseguir dar um rumo concreto aos personagens, ou quando o faz nunca transparece os motivos que os movem, ou ainda pintar uma certa caricatura de quem eles podiam ser, o que seria válido se o tom do filme fosse esse, mas claramente não é.

Basicamente, este é um filme com uma mensagem ambiental que nunca soube como a transmitir nem escolher os melhores momentos para o fazer e quando o faz é rapidamente subjugado a momentos que tentam ser cómicos. Onde tentar é a palavra-chave, seja nesses momentos seja no filme como um todo.