Jurassic World: Fallen Kingdom ★★★

People need to learn how to relax! This is the biggest conclusion I could came up with after many negative reviews I've seen about Jurassic World’s sequel. I've seen some positive too, but we're in a time where a movie needs to be everything and has to check every box from an unreasonable insane list of requirements just so everyone doesn't think the movie isn't worth our time. I even believe if Jurassic Park saga was created this decade, it wouldn't even had more than one movie since there would be a group of schmucks trying to shut it down just because someone was trying to exploit dinosaurs!

Fallen Kingdom obviously isn't a perfect movie, but it is far from being bad. Besides, it has a lot in is favor since J.A. Bayona sat on the director’s chair, since he knows how to perfectly create tense scenes. This was one of the things I've missed the most from the previous movie. More tension and a bit more violence, because I have to be obvious here, were talking about dinosaurs! Strangely enough, it wasn't necessary that much violence, since Bayona was able to do things in another way.

The story itself has some deeper meaning behind it, which was something missing from the last one. There was no reason for we to bother with what was happening, but now, with the dinosaurs’ imminent extinction (again!) there's a purpose in the main characters, something they have to fight for. We need something more than a fight for survival, especially if that same fight was caused by the survivors themselves. It is somewhat redundant, it has the opposite effect of what they wanted. This time around, their purpose for being in that situation comes from a more meaningful state of mind, where it is easier to empathize with the characters. What I can conclude is that the previous movie was extremely lucky to have a couple of actors that knew exactly how to sell their work to the audience. Both of them are back and managed to do an even better work. But once again, they had a better script to work with.

Overall, Jurassic World: Fallen Kingdom is a fun movie which has great tense moments and action scenes, with no dull moments but when it takes a break from what is happening, they make sure to try and break our hearts. It isn't perfect but it isn't trying to be, it accepts what it is and has fun with itself so the audience can have some of that fun too and leave the theater satisfied, which is something quiet hard nowadays.

=== PORTUGUESE =========

As pessoas precisam de saber relaxar! Esta é a maior conclusão que posso retirar após as variadas críticas negativas que vi a esta sequela de Jurassic World. Também vi outras tantas positivas, mas chegamos a uma altura em que qualquer filme que tenha um propósito mais definido e não vá de encontro a uma lista desmesuradamente irracional de condições que criamos para nós próprios, já não é um bom filme. Eu até acredito que se a saga Jurassic Park tivesse sido lançada nesta década, nem sequer tinha passado do primeiro filme porque vinha logo um grupo de otários defender os direitos dos dinossauros em não ser explorados!

Seja como for, obviamente que este Fallen Kingdom não é um filme perfeito, mas também está longe de ser um filme mau. Além disso, ganhou bastante em ter um realizador como o J.A. Bayona que sabe criar cenas mais tensas com uma precisão cirúrgica. Isso era uma das coisas que mais senti falta em relação ao anterior. Mais tensão e um pouco mais de violência, porque quer queiramos quer não, estamos a falar de dinossauros! Curiosamente, não foi preciso existir muito mais violência do que aquela que já existia, porque mais uma vez Bayona soube dar a volta de forma inteligente.

A história também tem uma carga emocional que faltava ao seu antecessor. Não havia um motivo para nos preocuparmos com o que se estava a passar, mas agora, com a extinção iminente dos dinossauros (outra vez!) há um propósito pelo qual os personagens têm de lutar. Não basta existir uma luta pela sobrevivência se essa luta foi causada pelos próprios sobreviventes. É algo redundante, tem o efeito contrário aquele que era suposto. Desta vez, o propósito dos humanos em estarem naquela situação vem de um estado de espírito que mais facilmente se cria empatia. A sorte do filme anterior foi ter dois actores que souberam perfeitamente vender o peixe que tinham em mãos. E os dois voltam para esta segunda rodada e fizeram ainda um melhor trabalho. Mas lá está, tinham um melhor argumento com que se defender.

No todo, Jurassic World: Fallen Kingdom é um filme divertido e que cria bons momentos de tensão e acção, que nunca para um segundo mas quando o faz é para nós tentar partir o coração, não é perfeito mas também não o tenta ser, assume aquilo que é e ele próprio diverte-se consigo mesmo para proporcionar ao espectador uma experiência igualmente satisfatória, se assim ele deixar acontecer, o que parece ser difícil nos dias de hoje.