Favorite films

  • The Godfather
  • Back to the Future
  • Mulholland Drive
  • Sunset Boulevard

Recent activity

All
  • The Northman

    ★★★★

  • Erasmo 80

    ★★★

  • Sieged: The Press vs. Denialism

    ★★½

  • West Side Story

    ★★★½

Recent reviews

More
  • Hiroshima Mon Amour

    Hiroshima Mon Amour

    ★★★★½

    A força maior de Hiroshima, mon amour é proveniente dos seus dois principais pontos de sustentação, juntando o narrativo ao experimental: 

    O mais evidente, predominante na maior parte do tempo, é a o romance entre o casal de protagonistas. Os diálogos travados entre eles, monólogos ocasionais, interações em ambientes com alto contraste entre luz e sombras. 

    O outro, não menos importante, é a forma com a qual temos acesso às memórias e às subjetividades dos personagens. Se aproxima do formato…

  • The Beatles: Get Back - The Rooftop Concert

    The Beatles: Get Back - The Rooftop Concert

    Nada visto aqui foi inédito pra mim, mas o sentimento de revisitar esse material em IMAX é maior do que poderia colocar em palavras.

Popular reviews

More
  • All Too Well: The Short Film

    All Too Well: The Short Film

    Confesso que fiquei meio receoso em assistir, já de madrugada, com a possibilidade de ficar triste e melancólico demais com o conteúdo do curta. Confesso também que a curta e poderosa frase de Pablo Neruda me deu a impressão de que isso aconteceria. 

    Não foi bem por aí. Me emocionei em vários momentos e me impressiona a poesia e a sensibilidade com que a Taylor olha pra sua própria memória. A escolha por filmar em película e a razão de…

  • Eternals

    Eternals

    ★½

    A tentativa da Marvel de conceber um filme mais sóbrio, de tom mais autoral, acaba na verdade sendo totalmente plástica e sem alma. Até existem características presentes vindas da realizadora, mas que se perdem em meio a uma obra de gigante extensão que quer, a todo custo, conquistar seu público por meio de proporções quase sempre épicas. 


    O drama de Eternos não convence nunca e, por infame ironia, pode-se dizer que assistí-lo dura uma eternidade.