A Wrinkle in Time

Com problemas de roteiro e excesso de mensagens edificantes, "Uma Dobra no Tempo" não é um grande filme, mas é um filme importante. Ava DuVernay torna-se a primeira mulher negra a dirigir um longa com orçamento de US$ 100 milhões, e o revigorante elenco inclui negros, brancos, descendentes de indianos e de latino-americanos, além de um casal interracial e crianças mestiças.

Leia a crítica completa: mulhernocinema.com/destaques/ava-duvernay-acerta-na-diversidade-mas-pesa-na-mensagem-em-uma-dobra-no-tempo/