Commander Arian

Com a câmera na mão e pouco recursos cinematográficos adicionais, Alba Sotorra acompanha as combatentes de perto, captando tiros e explosões e transmitindo a sensação de perigo que cerca as mulheres do YPJ. As idas e vindas entre combate e a recuperação da protagonista após levar cinco tiros fazem com que o filme por vezes perca o ritmo e deixe de se aprofundar em questões relevantes. Seria interessante, por exemplo, saber um pouco mais sobre a história, a estrutura e o financiamento do YPJ e, principalmente, conhecer melhor os caminhos que levaram cada mulher até ali.

Leia a crítica completa: mulhernocinema.com/criticas/comandante-arian-acompanha-mulheres-em-luta-contra-o-estado-islamico-na-siria/