Tomb Raider

Diante do crescente debate sobre a representação das mulheres no cinema, a nova Lara Croft é menos sex symbol e mais atleta, o que significa dizer que não há cena no chuveiro, passeio de jet ski com biquíni sexy ou closes excessivos, e até o shorts justo usado por Angelina Jolie foi trocado por uma calça cargo. É uma pena que o roteiro (co-escrito por Geneva Robertson-Dworet, que também assinará Silver & Black e Capitã Marvel) não tenha aproveitado para incluir mais e melhores personagens femininas. "Tomb Raider: A Origem" passa no Teste de Bechdel-Wallace, mas por pouco, e resta saber se o futuro da franquia incluirá outras mulheres além de Lara Croft.

Leia a crítica completa: mulhernocinema.com/destaques/alicia-vikander-e-lara-croft-dos-novos-tempos-em-tomb-raider-a-origem/