Favorite films

  • Transit
  • A Summer's Tale
  • Solaris
  • Broken Blossoms

Recent activity

All
  • The Servant

    ★★★★½

  • Metropolis

    ★★★★

  • Die Nibelungen: Kriemhild's Revenge

    ★★★★½

  • Eva

    ★★★½

Recent reviews

More
  • The Servant

    The Servant

    ★★★★½

    Do Losey só vi esse e Eva por enquanto. Em termos de alegorias e símbolismos de ambos filmes - expressados principalmente por planos que incluem, sorrateiramente ou não, (principalmente) espelhos, pinturas e estatuas que expressam uma falsidade, monstruosidade, sensualidade presentes por trás das ocupações sociais distorcidase e mascaradas dos personagens magníficamente bem escritos e realizados desses dois longas - gosto mais de The Servant, porque no princípio é mais sutíl na dialética intrigante e classicista da sua narrativa política, e…

  • The Night

    The Night

    The beautiful night is slipping away. I hate to see you go.

Popular reviews

More
  • Holy Motors

    Holy Motors

    ★★★★★

    Assistindo à filmografia do Leos Carax, aquela fala do Truffaut sempre me vem à cabeça:
    "Today, I demand that a film express either the joy of making cinema or the agony of making cinema. I am not at all interested in anything in between; I am not interested in all those films that do not pulse"
    Porque é realmente isso que eu acho que o Carax pretende fazer quando, raramente, faz um filme. De 1984 a 2021, todos os seus…

  • Nostalgia

    Nostalgia

    ★★★★★

    1+1=1
    O filme mais solitário do tarkovsky na minha opinião.
    Tarkovsky infelizmente foi um artista censurado não só pelo próprio país mas pela morte precoce.
    Eu sinto que nostalgia é um filme que representa toda frustação de ser um artista censurado pelo lugar que guarda todas suas memórias de infância, adolescência e adultas.

    Tarkovsky soube lidar com a solidão como ninguém e com seus filmes expressou tudo que soube sobre esse sentimento que assombra tantos, principalmente hoje em dia.

    Que puta atuação do Erland Josephson como Dominic! A cena do dicurso e da vela são de longe umas das minhas favoritas de todos os tempos.