Mia madre

Mia madre ★★★★

Não sei por onde começar. Me parece às vezes imperfeito, muitas imagens não são exatamente novas. Com ele, vou do entendimento doloroso profundo à alegria pelo novo que se mostra através da presença de John Turturro. O modo como seu personagem se desenvolve e, principalmente, o modo como Marguerita olha para ele é lindíssimo e muito muito novo.

Trata-se também de uma bela homenagem para a doce Ágata Apicella Moretti. Mãe do Nanni que pudemos ver em Aprile. O olhar da atriz que faz a mãe lembra o dela, que era também professora, e que também deve ter deixado grandes e belas marcas em seus alunos e alunas.

Gosto muito também do entendimento que Nanni Moretti tem do set como dança, algo que explica esse prazer e persistência em registrar feituras de filmes.

Poderia ser para baquear mas achei bonito, esperançoso. Conforme a mãe de Marguerita lhe provocou sobre o filme que fazia. A experiência dos irmãos termina com uma sensação animadora de permanência, de que no fundo não se morre.

Block or Report