RSS feed for Thallys Neutron
  • Mowgli: Legend of the Jungle

    Mowgli: Legend of the Jungle

    ★★½

    O Mogli do Andy Serkis é um porre. Um porre com razoáveis efeitos visuais e um grande elenco.

    Uma pena.

  • Dunkirk

    Dunkirk

    ★★★★

    Dunkirk não é dos filmes de guerra mais emocionantes ou íntimos, mas visualmente e tecnicamente é um completo espetáculo.

    Christopher Nolan + Hans Zimmer = ❤️

  • Venom

    Venom

    ★½

    "Venom" não é um desastre colossal inassistível, mas ainda assim é bem ruim.

    Tom Hardy faz o que pode pra carregar o filme, há alguns momentinhos de boa ação e a vibe boba descompromissada ajuda o ritmo.

    Quanto ao roteiro, personagens, lógica... é o esperado.

  • Star Wars: The Last Jedi

    Star Wars: The Last Jedi

    ★★★★

    Mesmo com algumas escolhas de roteiro questionáveis e arcos secundários que atrasam a narrativa, a maneira constante como o filme quebra expectativas, fugindo do paradigma estrutural da saga, traz um frescor necessário para a série.

    Não é o melhor Star Wars nem o mais redondo, mas é certamente o mais corajoso.

    Ah e as cenas de batalha e a cinematografia são de cair o queixo, incríveis!

  • The Last Samurai

    The Last Samurai

    ★★★★

    The Last Samurai é muito bonito. A maneira que o filme trabalha de consistentemente temas como honra e redenção através da cultura oriental (mais especificamente, a japonesa) e seus contrastes com o Ocidente é elogiável.

  • Borg vs McEnroe

    Borg vs McEnroe

    ★★★½

    Se "Borg Vs. McEnroe" tivesse suas partidas de tênis filmadas no mesmo estilo de "Battle of the Sexes" podia se tornar, a longo prazo, um clássico do drama esportivo.

    A maneira como o filme constrói seus dois personagens-título e a contínua correlação entre eles é formidável, segue o modelo de outras grandes obras do gênero (Rocky, Rush, Warrior) e captura a essência da história real.

  • The Awakener

    The Awakener

    ★★

    Hoje fui ver O Doutrinador - supostamente o primeiro grande anti-herói brasileiro das telonas - e só tenho a dizer que o pão de queijo do Rei do Mate é realmente uma delícia.

    Sólido, consistente, quente e prazeroso. Tudo que o filme era pra ser e não foi.

  • Bohemian Rhapsody

    Bohemian Rhapsody

    ★★★

    A narrativa não tem muito ritmo ou impacto, os integrantes da banda - com exceção de Mercury - são quase figurantes de luxo e tudo de mais intrigante sobre a história do Freddie Mercury (o que não é pouca coisa) é abreviado de maneira brochante...

    Dependendo do seu grau de expectativa, a excelente performance do Rami Malek e os momentos mais musicais do filme (que são muito bem dirigidos e ambientalizados) podem fazer do filme uma experiência razoavelmente satisfatória.

  • Halloween

    Halloween

    ★★★★

    Não há muito mais o quê se inventar no gênero slasher. O que se pode fazer é (re)criar atmosfera, um vilão assustador e um personagem que carregue a história.

    Tudo o quê o novo Halloween é competente em fazer.

  • Alpha

    Alpha

    ★★½

    "Alpha" tem seus méritos visuais, mas narra uma história batida e sem substância o suficiente para a tornar interessante.

  • Sorry to Bother You

    Sorry to Bother You

    ★★★★

    A really smart and original dark comedy.

    Funny, visually creative and with lots of social commentaries. Mainly about what we consider entertainment nowadays.

  • 10 Segundos Para Vencer

    10 Segundos Para Vencer

    ★★½

    "10 Segundos Pra Vencer" é bem intencionado ao homenagear um dos esportistas mais importantes e menos valorizados da história do esporte brasileiro, porém sua narrativa, elenco de apoio e, principalmente, orçamento são demais limitados, impedindo a construção de momentos memoráveis.