Favorite films

Don’t forget to select your favorite films!

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • The Assassination of Trotsky

    The Assassination of Trotsky

    ★★½

    O filme que eu gostaria de ver sobre o tema:

    - dirigido pelo Michael Mann;

    - no papel de Trotski: John Lydon;

    - no papel do assassino: Di Caprio ou Brad Pitt (ou qualquer outro astro hollywoodiano ziliardário galã de matinê filiado ao partido democrata e filantropista)

    ---

    O Losey é um dos vários filmes erráticos que ele realizou após se tornar um cineasta internacional à altura de Modesty Blaise. É de se lamentar que ele não tenha feito, a…

  • Ride Lonesome

    Ride Lonesome

    ★★★★★

    As regras de ouro do western segundo Budd Boetticher:

    "In a western, you have to 1) see things head-on (…) And then you have to gradually 2) introduce the characters into the action, 3) undoubtedly, improvise depending upon the set or change the script, 4) love the landscape and understand it, 5) dispose of a cinematographer who doesn't fear risks, 6) know how to introduce a character or action with few words and some images, 7) not be afraid of…

Popular reviews

More
  • Once Upon a Time… in Hollywood

    Once Upon a Time… in Hollywood

    ★★★½

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    Mais coisas a se dizer sobre o filme, mas no momento fica o seguinte:

    em Basterds, Django e 8 a ficção apontava o tempo todo para aquilo que não era a ficção, para uma exterioridade que os filmes, pela maneira limitada como entendiam (assimilavam, absorviam) essa exterioridade, tentavam sanear, redimir das suas máculas, dos seus fantasmas (fantasmas do nazismo, da escravidão etc.; esse sistema entra um pouco em pane nos 8, em função da personagem da Jennifer Jason Leigh, não…

  • Glass

    Glass

    ★★★★

    This review may contain spoilers. I can handle the truth.

    A mongolada do autorismo vulgar, quando saiu o trailer do Split, arvorou-se a falar que aquele seria o Raising Cain do Shyamalan.

    Erraram, como erram com tudo, como passaram dez anos errando sobre o cinema em geral (tanto o "arthouse" quanto o bom cinema espetacular, que eles nunca conseguiram entender e só fizeram berrar a incompreensão patente por uma década em textos sumariamente irrelevantes, ainda mais quando se considera que é o espetáculo o que tomam como indício de vulgaridade),…