The Death of Stalin ★★★½

Comédias negras são difíceis de me agradar, pois é muito complexo e difícil transitar entre a “seriedade” e o humor. Quando um não atropela o outro, a qualidade de um dos dois nunca é balanceada, pecando em manter o equilíbrio narrativo. Fico contente que este filme conseguiu achar o equilíbrio quase perfeito entre esses dois elementos, e realizou uma tarefa extremamente complicada, já que mesmo se baseando em um evento tenso e pesado da história russa nos apresenta um filme divertido e consciente.
E como ponto mais forte da obra, cito as atuações, o casting para esse filme não poderia ser melhor, todos estão impecáveis em seus papéis. Nenhum parece ser uma caricatura debochada, com a leve exceção do personagem interpretado por Jeffrey Tambor que sinceramente ficou meio exagerada (como um homem desses chegou em um cargo tão alto?). Mas mesmo com esse exagero, a nossa experiência não é estragada em nenhum momento.
O roteiro também nos ajuda a manter nossa imersão no contexto da obra, mesmo com a dinamicidade, em nenhum momento nos perdemos no que está acontecendo. Todas as estratégias que foram boladas, as traições feitas, as alianças formadas e desfeitas. Além de demonstrar uma sensibilidade enorme com os horrores de um regime totalitário que prendeu, matou e torturou, nenhuma piada é feita com este atos horrendos, fazendo que o filme não perdesse força, tudo foi bem dosado e na medida certa sem que pendesse para qualquer lado em excesso.
Não consigo apontar um erro grotesco que tenha afetado minha experiência com o filme, além do fato de eu não ter gargalhado em nenhum momento, apenas um sorriso me foi tirado, não considero o filme sem graça, mas falhou em fazer rir. Assim como a falta de uma substância maior para a história, para mim o longa começa e deixa de existir, não houve nenhuma mensagem passada que eu tenha captado, tornando-o até que esquecível.
The Death of Stalin é uma comédia ácida e bem construída, com excelentes atuações e trama bem movimentada, não lhe fará gargalhar de rir, mas definitivamente vale o tempo assistido. Recomendo a todos.