RSS feed for Arthur

Favorite films

Recent activity

All

Recent reviews

More
  • The 15:17 to Paris

    The 15:17 to Paris

    ★★★★

    A realidade segundo Clint Eastwood


    15h17 – Trem Para Paris (2018) possui uma relação ambígua com a realidade. Ao reconstituir o atentado terrorista que ocorreu em um trem em viagem de Amsterdã para Paris, em 2015, Clint Eastwood escalou os próprios homens que impediram o ataque para interpretarem a si mesmos.

    Muito mais do que um mero realismo inusitado que a escolha poderia sugerir, o diretor propõe uma experiência que vai além de um simples naturalismo e concebe uma dinâmica…

  • Porto das Caixas

    Porto das Caixas

    ★★★★

    Vestígios de um abandono


    Porto das Caixas (1962) é um filme que assimila muito bem a sua temática com sua abordagem estética. A pobreza e a desolação, presentes como um pano de fundo definidor na história, são mediadas por uma construção minimalista de espaços ausentes e contrastes sombrios.

    Uma composição pictórica rigorosa que contou com o essencial talento de Mário Carneiro, exímio diretor de fotografia que também dedicou parte da vida à pintura.

    O filme de Paulo César Saraceni situa…

Popular reviews

More
  • Parasite

    Parasite

    ★★★★★

    Junto com A Visita (2015), Parasite é um dos filmes dessa década que melhor trabalha com uma variedade de gêneros cinematográficos. O filme começa como uma comédia de costumes que beira o absurdo (remete um pouco até ao cinema de Yorgos Lanthimos), mas acaba transitando entre vários tons (thriller, drama, terror) sem nunca perder a sua unidade dramática.

    Uma unidade dramática que tira forças justamente dessa variedade. Na medida em que novas histórias e personagens são incluídos (como a empregada…

  • Bacurau

    Bacurau

    ★★½

    “Bacurau” possui uma premissa tão direta ao ponto que nem dá pra dizer que existe um alegoria política. O que, em teoria, eu acho ótimo. Me parece que a ideia central é mesmo essa catarse gráfica que funciona da maneira mais direta possível como purgação de um momento político trágico.

    Sem dúvida a abordagem franca com a violência funciona muito bem. Os momentos das mortes são os mais bem decupados e os que melhor constroem uma tensão com a cena.…