Favorite films

  • Vampyr
  • The Image Book
  • White Dog
  • Showgirls

Recent activity

All
  • Ossos

  • The Age of the Earth

  • Astro Boy

  • The Tiger of Eschnapur

Recent reviews

More
  • Ossos

    Ossos

    O segundo filme do Pedro Costa se chama Casa de Lava. Um filme que ele rodou parte em Portugal e parte na Ilha do Fogo em Cabo Verde. Essa foi uma experiência muito importante pro Pedro Costa na qual ele conheceu um novo universo e entrou em contato com algumas pessoas que tinham muitos parentes em Lisboa. De lá ele trouxe muitas cartas para os familiares que vieram de Cabo Verde tentar a sorte em Portugal. Sairam da colônia em…

  • The Age of the Earth

    The Age of the Earth

    “Essa coisa amedrontadora, indescritível, mais vasta que qualquer trem subterrâneo, esse aglomerado de bolhas protoplásmicas, levemente fosforescentes, sobre o qual milhares de olhos provisórios se formavam e deformavam, como pústulas de luz esverdeada, essa coisa vinha em nossa direção enquanto esmagava os pinguins aterrorizados...”. Os leitores de Lovecraft terão facilmente reconhecido um Shoggoth. Mas alguns espectadores da Biennale terão provavelmente identificado também nessa entidade ameaçadora o último filme de Glauber Rocha, A idade da terra, ou pelo menos a impressão…

Popular reviews

More
  • Céline

    Céline

    Segunda (30/08), às 14h, iremos conversar com Lisa García sobre os filmes "A vida como ela é" (1978) e "Céline" (1992), dirigidos por Jean-Claude Brisseau. O encontro contará com tradução consecutiva e acontecerá via Zoom. Para participar, basta se inscrever no formulário: docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfjO25AIQpV35ynuuocsQeNni-ZXChq8ggzrmXTDcmYcqUl7A/viewform

    Lisa García (também conhecida como Lisa Hérédia ou Maria Luísa García) nasceu na Espanha, vive e trabalha na França. Montadora e atriz, trabalhou com Éric Rohmer ("O raio verde", "O amigo da minha amiga", "A mulher do…

  • Stagecoach

    Stagecoach

    Sabemos como a gênese de 'Cidadão Kane', por exemplo, acentua, por um viés chamado Toland, a filiação fordiana. 'Kane', portanto, vem depois de 'No Tempo das Diligências', cujo traço ele carrega. Influência repertoriada, comentada, explicada. Mas ainda podemos ver 'No Tempo das Diligências' sem que, por um retorno insidioso, os claros-escuros e plongées wellesianos não expliquem, com tanta evidência, as coordenadas fordianas onde eles, contudo, nasceram?

    RELER A HISTÓRIA por Jean André Fieschi

    vestidosemcostura.blogspot.com/2021/02/reler-historia.html

    (originalmente publicado na revista Cahiers du Cinéma nº 198, fevereiro de 1968)