Favorite films

  • Je, Tu, Il, Elle
  • In a Lonely Place
  • Neon Genesis Evangelion: The End of Evangelion
  • Dressed to Kill

Recent activity

All
  • Lightyear

    ★★½

  • Chungking Express

    ★★★★★

  • Top Gun: Maverick

    ★★★★½

  • A Woman Is a Woman

    ★★★★½

Recent reviews

More
  • Lightyear

    Lightyear

    ★★½

    É só feio

  • Chungking Express

    Chungking Express

    ★★★★★

    Imagens como coreografia de uma dança. Numa fusão perfeita entre corpo e película, do movimento da câmera e do ator dentro do espaço. Criando um ritmo musical que constantemente vai se modificando, adicionando novas notas. Estilos instantâneos, gratuitos, poderosos mas pouco duradouros. O "agora" se torna sempre ao mesmo tempo que tudo é passageiro. Um filme de amor. Um amor pulsante, rápido e pouco duradouro mas que é tão poderoso quanto a explosão de vinte bombas atômicas. O retrato do amor em uma sociedade Pos-Bauman, onde cada frame da película, cada câmera lenta, carrega consigo todo o conceito das relações líquidas expressa em sua forma.

Popular reviews

More
  • Capitu and the Chapter

    Capitu and the Chapter

    ★★★★

    Quem já leu a obra original do Machado de Assis sabe o número de capítulos que tem em Brás cubas. Muitas vezes nem terminamos de ver uma situação e, do nada, um novo capitulo se inicia. Isso, de uma certa forma, trunca a leitura, quando estamos começando a imergir surge esse capítulo, esse corte na nossa imersão. O que o Bressane faz aqui, não é transportar esse conceito através do corte no cinema, mas sim entender o que está entre…

  • Killed the Family and Went to the Movies

    Killed the Family and Went to the Movies

    ★★★★½

    Legal como o Bressane bota toda a razão da violência simplesmente na repressão resultante da monotonia do dia dia. A própria relação do Bressane com o espaço das casas mostra bastante isso, no modo como ele filma varias cenas onde os personagens estão atrás de portas, quase como se eles tivessem dificuldade de passar por elas justamente por causa da monotonia do espaço. Mas ao mesmo tempo temos respiros dessa violência crescente, com as várias cenas de dança do casal…