The Private Eyes ★★★½

Um fiapo de narrativa que sobrevive a uma sequência hilariante de gags graças à mão segura de Michael Hui para o que é a essência do seu filme, isto é, a concentração na banalidade do humor cotidiano de dois detetives em busca de uma linha lógica em um mundo povoado por personagens sem noção.

Isso proporciona ao filme uma série de cenas absolutamente hilariantes e icônicas – uma luta corporal em um supermercado (e na sessão de condimentos!), um assalto que interrompe uma projeção no cinema – que fazem do fiapo narrativo um mero detalhe dispensável para um conceito cíclico de comédia em que cada gag nasce, se repete e se intensifica em cenas posteriores.

Yuri liked these reviews